Por que a manutenção preventiva de veículos deve ser realizada regularmente?

Por que a manutenção preventiva de veículos deve ser realizada regularmente? Saiba qual a importância dos cuidados preventivos para o funcionamento, bom desempenho e conservação do veículo. 

É necessário fazer a manutenção preventiva com frequência? Pergunte a qualquer mecânico e eles lhe dirão o quão importante é manter o cronograma de manutenção recomendado pelo fabricante do seu carro. Há uma série de benefícios para o seu carro, bem como, evitar possíveis avarias que tenham um custo caro de reparo.

Por mais que muitos condutores acreditem que não há necessidade de fazer manutenção no veículo se não apresenta problema, a verdade é que a manutenção preventiva serve justamente para isso, ou seja, para evitar problemas e mau funcionamento de seu veículo. 

O indicado é realizar a primeira manutenção preventiva de veículos ao atingir 5.000 km para carros novos, a segunda manutenção ao atingir 10.000 km e as demais ao atingir entre 15.000 a 20.000 km, claro, de acordo com as recomendações do fabricante que estão presentes no manual do seu automóvel.

A manutenção em dia irá ajudá-lo a evitar falhas mecânicas e elétricas, evitar acidentes ou a necessidade de acionar o serviço de proteção veicular e segurança auto. 

Por que a manutenção preventiva de veículos deve ser realizada regularmente?
Por que a manutenção preventiva de veículos deve ser realizada regularmente? 3

Confira a seguir porque a manutenção preventiva deve ser realizada regularmente:

Por que a manutenção preventiva deve ser realizada regularmente?

A seguir, os principais motivos para realizar a manutenção preventiva do veículo com a frequência recomendada pelo fabricante:

Segurança no trânsito

Qualquer motorista que teve problemas repentinos com o carro enquanto estava na estrada entende os perigos potenciais de pular os reparos ou manutenção necessários. Problemas básicos no carro que são ignorados podem se transformar em problemas mais sérios que podem surgir rapidamente. 

Manter o cronograma de manutenção preventiva do carro pode deixar os reparos surpresa do carro à distância e manter você e seu carro mais seguros.

Durabilidade e conservação da bateria

Quando ocorre um problema no carro relacionado à bateria, pode ser perigoso, não importa onde você esteja. No trânsito, uma parada repentina ou perda de energia pode levar a um acidente com outros motoristas ao seu redor. Em uma estrada rural remota, pode deixá-lo encalhado. O cronograma de manutenção preventiva do seu carro foi projetado para ajudar a manter seu carro funcionando bem, o que significa que é menos provável que você seja pego de surpresa.

Bom desempenho do veículo

Depositphotos 10108335 S
Por que a manutenção preventiva de veículos deve ser realizada regularmente? 4

Quer que seu carro dure muito tempo com bom desempenho? Nesse caso, deve ser de seu interesse manter a manutenção preventiva de forma regular. O principal objetivo do cronograma de manutenção do carro recomendado pelo fabricante é manter as peças e sistemas essenciais do seu carro funcionando sem problemas. 

Seja substituindo fluidos em intervalos regulares ou verificando o nível dos mesmos, limpando ou substituindo certas peças, tudo isso desempenha um papel importante no prolongamento da vida útil do seu carro e de seu desempenho na estrada.

Cuidados necessários com o fluido de transmissão de derramamento mecânico

A manutenção regular do carro ajuda a gerenciar o desgaste normal e os danos. Todas as peças do seu carro sofrerão desgaste e danos com o uso. Embora o desgaste seja inevitável, um mecânico é capaz de retardar o desgaste e substituir as peças antes que elas fiquem desgastadas por completo, danificadas demais ou falhem – mas apenas se o seu carro for levado para serviços de manutenção regulares. 

Conserve o estado de seu veículo por mais tempo e prolongue sua vida útil

Um carro bem conservado significa um proprietário mais feliz. Isso não significa apenas que seu carro durará mais, mas também que a direção será suave e segura na estrada. Quando todos os sistemas do seu carro estiverem operando como deveriam, você terá melhor controle sobre ele. Você poderá frear quando precisar, ganhar potência adequada para acelerar e fazer curvas com facilidade.

Evite problemas de dirigibilidade com manutenção regular

Vários detalhes do funcionamento do carro podem levar a problemas de dirigibilidade, mas uma maneira de mantê-los sob controle é realizar a manutenção preventiva de veículos com frequência. 

Quando você leva seu carro a uma oficina mecânica para um profissional fazer uma verificação de manutenção do carro, eles garantem que os principais sistemas estejam funcionando como deveriam e realizam qualquer manutenção necessária. Sem essa manutenção, é mais provável que você perceba problemas com a resposta do seu carro durante a condução e acabe gastando mais dinheiro para reparar o dano.

A manutenção preventiva não é um gasto caro

O custo de uma troca de óleo ou serviço de freio pode fazer você querer adiar ou pular a realização do serviço, mas isso torna muito mais provável que você acabe precisando de um grande serviço de reparo que custe mais caro no futuro. 

Embora custe dinheiro fazer uma verificação ou serviço de manutenção do carro, é um custo que vale a pena para ajudar a manter os sistemas do seu carro funcionando da melhor maneira possível. 

Comparar o custo da manutenção regular com os serviços de reparo de automóveis fornece uma resposta bastante clara. O custo da manutenção do carro vale a pena. Ignorar uma troca de óleo ou substituição de fluido de transmissão pode causar grandes problemas no motor ou na transmissão, assim como evitar um serviço de freio pode afetar sua capacidade de parar o carro enquanto dirige. 

Avalie os itens essenciais para garantir o desempenho do seu carro

Ao realizar a manutenção preventiva do veículo conforme o recomendado pelo fabricante, você garante que todos os itens essenciais para o desempenho e bom funcionamento de seu carro estejam de acordo com o esperado e não cause problemas. 

Os itens a serem avaliados durante a manutenção são:

  • Nível de óleos e fluídos;
  • Troca ou limpeza de filtros;
  • Correia dentada;
  • Pastilha de freio;
  • Para-brisa;
  • Calibragem do pneu, desgaste da banda de rodagem e rodízio dos mesmos;
  • Bateria;
  • Caixa de direção;
  • Amortecedores;
  • Entre outros. 

Lembrando que, não é necessário realizar todas as verificações de uma vez, o cliente pode seguir o manual e efetuar a manutenção de acordo com o recomendado pelo fabricante. Por exemplo, o óleo só precisa ser trocado a cada 5.000 km rodados, as pastilhas de freio a cada 20.000 km, a calibragem dos pneus a cada 30 dias, o rodízio dos pneus a cada 5.000 km a 10.000 km, etc.