Entenda quais são as inspeções realizadas nos vasos de pressão

Se você tem dúvidas ou não sabe quais são as inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras, esse artigo vai te auxiliar a compreender.

A NR-13 é o regulamento que determina as condições técnicas de segurança mínimas para administrar a integridade estrutural de caldeiras e vasos de pressão (dentre outras questões).

A não execução dessa norma pode ocasionar acidentes de grandes proporções, podendo até explodir um setor inteiro dentro de uma empresa.

Dúvidas acerca de quais são as inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras é o que diversas pessoas e empresas possuem.

Todavia, a forma mais adequada de saber como a inspeção NR 13 é executada, é contratando um Profissional Habilitado (no caso um engenheiro mecânico), ele analisará o projeto e a construção para saber como elaborar o prontuário de acordo com a norma.

Quais são as inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras?

inspecao

Inspeção de segurança inicial

Essa inspeção é a primeira a ser realizada antes mesmo do vaso de pressão ser instalado no local.

Ela vem com a finalidade de que o equipamento seja testado e examinado antes de ser definitivamente alocado.

Para tanto, devem ser feitos:

  • exame externo, 
  • interno,
  • Teste Hidrostático (TH).

O TH é cumprido na fase de fabricação, e tem a comprovação por meio de laudos assinados por um engenheiro mecânico.

Além disso, deve possuir o valor da pressão do teste feito durante a inspeção dos vasos de pressão fixado em sua placa de identificação.

Inspeção de segurança periódica

As tais inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras de forma periódica visam prevenir acidentes que podem danificar o meio ambiente e trazer malefícios aos trabalhadores.

A inspeção deve obedecer os prazos máximos que são estabelecidos de acordo com a categoria do vaso de pressão. Vamos conhecer um pouco mais sobre as categorias.

Categoria A

  • Líquidos inflamáveis,
  • hidrogênio,
  • acetileno,
  • tóxico com limite de tolerância,
  • combustível com temperatura igual ou superior a 200°C.

A inspeção periódica em vasos de pressão deve acontecer a cada 12 meses. A saber:

  1. Exame externo (12 meses);
  2. Exame interno (3 anos);
  3. Teste hidrostático (6 anos).

Categoria B

Combustíveis com temperatura menor que 200 °C, tóxico com limite de tolerância maior que 20 pp. A inspeção dessa categoria pode ser feita a cada 12 meses, a saber:

  1. Exame externo – 3 anos;
  2. Exame interno – 3 anos;
  3. Teste hidrostático – 6 meses.

Categoria C

O foco aqui é vapor de água, gases simples, e ar comprimido. A inspeção dessa categoria pode ser feita a cada 12 meses.

  1. Exame externo – 2 anos;
  2. Exame interno – 4 anos;
  3. Teste hidrostático – 8 meses.

Inspeção de segurança extraordinária

A inspeção de segurança extraordinária acontece quando há algo de errado no controle operacional ou na ocorrência de algum sinistro.

A NR13 emprega as seguintes situações para que essa inspeções sejam realizadas nos vasos de pressão e caldeiras:

  • Sempre que o vaso de pressão for avariado por meio de um acidente ou outra ocorrência que prejudique sua segurança;
  • No momento em que o vaso de pressão for submetido a ajustes ou modificações importantes, capaz de modificar seu estado de segurança;
  • Antes do vaso de pressão ser recolocado em funcionamento, quando ficar inativo por mais de 12 meses;
  • Quando houver mudança do local de instalação do vaso de pressão, com exceção para vasos móveis.

Inspeções periódica de caldeiras

As inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras periodicamente são uma exigência da NR13 que auxilia no bom funcionamento das caldeiras e acima de tudo visa a segurança dos funcionários.

Acatar a NR 13 é crucial para que tenha resultados de excelência. Não obstante, as inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras devem ser executadas por profissionais habilitados, como os engenheiros mecânicos – registrados no CREA.

Inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras normalmente entregam um relatório que inclui conselhos necessários para a adequação do equipamento diante das legislações vigentes.

Isso é feito de forma que a instituição tenha entendimento das ações que devem ser tomadas, focando em não serem multadas pelos órgãos reguladores.

Quando a inspeção vasos de pressão e caldeiras estão dentro do prazo, os riscos de acidentes caem consideravelmente, e isso é o desejado por todos.

Com essa ação,você protege seus colaboradores e o ambiente do seu empreendimento de possíveis acidentes.

Porque fazer Inspeção periódica de caldeiras?

As caldeiras são amplamente utilizadas em estabelecimentos que necessitam do vapor para seus processos.

Atualmente, o vapor de água é muito utilizado para a realização de trocas térmicas em indústrias, hotéis, hospitais, lavanderias, cozinhas industriais, entre outros. 

Por se tratar de um tipo de equipamento que trabalha sobre altas pressões, as caldeiras, para que tenham a segurança garantida, devem passar por inspeções regularmente, que devem ser realizadas por profissionais habilitados.

Caldeiras são equipamentos destinados a produzir e acumular vapor sob pressão superior à da atmosfera, utilizando qualquer fonte de energia, projetados conforme códigos pertinentes.

Inspeção de vida remanescente em caldeiras

Ao completar 25 anos de utilização, ao decorrer da próxima inspeção, a caldeira deve ser submetida a uma verificação de integridade com uma maior dimensão para estipular a sua vida remanescente e novos prazos para revisão, se ainda estiver em bom estado para continuar sua utilização.

Quais os benefícios das inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras?

Evita multas

As inspeções realizadas nos vasos de pressão e caldeiras, possuem um relatório contendo as instruções essenciais para o ajustamento dos equipamentos perante às legislações em vigor.

Desta forma, a empresa tem a consciência das ações que devem ser tomadas, com o objetivo de não serem multadas pelos órgãos reguladores.

Previne acidentes

Quando as revisões são realizadas nos vasos de pressão e caldeiras dentro do prazo, as chances de acontecerem intercorrências diminuem bastante.

Tendo assim, uma proteção maior para seus colaboradores, para o meio ambiente e seu empreendimento de possíveis percalços.

Regularização nos órgãos públicos

Ao realizar a inspeção, você assegura a licença na vistoria do corpo de bombeiros, do Serviço de Inspeção do Trabalho e em auditorias internas e externas, de forma que sua empresa fica legalizada a todo momento diante dos órgãos dirigentes e reguladores.

Fique atento ao período de validade da inspeção NR13 de seus vasos de pressão e caldeiras, e faça outra antes mesmo que acabe o prazo de validade da revisão atual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *