As 10 principais coisas a saber antes de visitar a Islândia

A Islândia é um país deslumbrante e de outro mundo. Se você está planejando uma viagem para lá, lembre-se dessas dicas cruciais.

As 10 principais coisas a saber antes de visitar a

Conhecida por sua paisagem acidentada esplêndida, a Islândia está rapidamente se tornando um destino de viagem. Aqueles que visitam o país vão se deliciar com geleiras espetaculares e fontes termais, colinas verdejantes e alguns dos habitantes locais mais amigáveis ​​que você já conheceu. Mas há algumas coisas a saber antes de visitar este país incrível.

A Islândia tem um clima imprevisível e uma paisagem linda, mas selvagem e implacável. Existem algumas diretrizes de segurança a serem lembradas antes de ir, bem como algumas dicas de etiqueta para aprender. Continue lendo para descobrir o que você deve saber antes de visitar a Islândia.

Contents

10/10 Prepare-se para pagar muito

A Islândia é um dos países mais bonitos que você já visitou, e também é um dos mais caros. Provavelmente não é o local ideal para quando você está procurando uma viagem econômica, a Islândia é um lugar onde você terá que gastar mais do seu dinheiro do que provavelmente imagina.

No passado, a cidade de Reykjavik foi considerada a cidade mais cara do mundo. Quase tudo será mais caro do que você está acostumado, incluindo itens básicos como comida e lembranças.

9/10 Não é necessário aprender muito islandês

Viajantes experientes geralmente recomendam aprender algumas frases-chave no idioma comumente falado em seu destino. Isso não é apenas uma cortesia comum, mas também útil para se locomover e se comunicar com os habitantes locais. Na Islândia, no entanto, não é necessário falar islandês porque basicamente todos falam um inglês excelente.

Claro, se você quiser aprender algumas palavras em islandês para facilitar a viagem, você pode. Uma palavra de advertência, porém: o islandês é uma das línguas mais difíceis de aprender no mundo.

8/10 Você não precisa comprar água engarrafada

Por ser tão cara, a Islândia é um lugar onde você vai querer economizar o máximo de dinheiro possível. Uma das maneiras de fazer isso é evitar comprar coisas que você não precisa, como água engarrafada. A água da torneira vem das fontes naturais e geleiras do país e é uma das mais limpas e seguras que você já bebeu.

Às vezes, você descobrirá que a água quente cheira um pouco estranho, mas isso se resume ao enxofre natural das nascentes. É totalmente seguro beber e tomar banho.

7/10 Muitas pessoas acreditam em fadas

Ao viajar para qualquer lugar, é uma boa ideia familiarizar-se com os valores, costumes e crenças locais, para não ofender ninguém acidentalmente em seu próprio país. Respeito é sempre a melhor política. Portanto, ao viajar para a Islândia, você deve saber que muitas pessoas acreditam em fadas. De acordo com TripZillacerca de 54% da população acredita que o povo mágico realmente existe.

Normalmente, os locais não se sentem à vontade para discutir isso com os viajantes, por isso é melhor não tocar no assunto. É um tema delicado que é melhor deixar intocado.

6/10 Existem armadilhas para turistas a serem observadas

Lar de algumas das paisagens mais majestosas do mundo, a Islândia também abriga algumas armadilhas para turistas que você deve observar ao visitar. Uma delas é o spa geotérmico conhecido como Lagoa Azul. Embora seja incrível, também é incrivelmente caro entrar e superlotado. Se não houvesse outras nascentes na Islândia, valeria a pena.

No entanto, existem muitas outras experiências semelhantes disponíveis que não custarão tanto e serão muito menos invadidas por turistas. No norte do país, você encontrará uma fonte termal natural chamada Grettislaug, que é bem mais barata.

5/10 Respeite o musgo

Há muitas coisas para lembrar ao caminhar pela paisagem islandesa. Aqui está outro que você pode não ter ouvido antes: respeite o musgo. Você verá o material em todos os lugares, mas isso não significa que seja resistente. Na verdade, é delicado e facilmente danificado.

Não é uma boa ideia acampar em qualquer lugar que não seja os locais de acampamento designados. Mesmo deixar pegadas no musgo contribui para a degradação ambiental, algo que muitos islandeses estão empenhados em prevenir.

4/10 Mantenha a segurança em primeiro lugar durante a caminhada

A maioria das coisas que você deve lembrar ao caminhar se resume à segurança. Embora seja tentador fazer o possível para capturar a foto perfeita para o Instagram, lembre-se sempre de manter a segurança em primeiro lugar. A paisagem islandesa é imprevisível e há uma variedade de coisas a serem observadas.

Certas trilhas são seguras apenas durante a maré baixa, mas pode não haver sinais indicando isso, por isso é importante fazer sua pesquisa antes de ir. Da mesma forma, algumas fontes termais podem ser mais quentes do que parecem. Se você é inexperiente, é sempre uma boa ideia levar um guia com você.

3/10 Provavelmente não está tão frio quanto você pensa

Quando as pessoas pensam na Islândia, elas tendem a pensar em inverno, neve, temperaturas congelantes e, bem, gelo. Mas dependendo de quando você viaja, o país pode não ser tão frio quanto você espera. Ao contrário da crença popular, o país inteiro não é coberto de gelo.

Viajar no inverno na Islândia é definitivamente uma possibilidade, e provavelmente não é tão escuro e sombrio quanto você imagina. Muitas pessoas escolhem visitar especificamente no inverno, por isso também costuma ser mais barato.

2/10 Mas pode haver clima imprevisível e perigoso

A Islândia pode não ser tão fria quanto você imaginava, mas fica fria e a água pode ser seriamente imprevisível. Se uma tempestade cair do nada, você pode nem conseguir ver a estrada. É por isso que é sempre aconselhável estar preparado para climas extremos enquanto estiver na Islândia.

Uma das melhores maneiras de se preparar é garantir que você sempre tenha comida extra com você. Se você ficar preso em uma tempestade, a última coisa que deseja é passar fome e não poder fazer nada a respeito. Existe a chance de você ficar preso devido ao clima, então leve suprimentos aonde quer que vá.

1/10 Você nem sempre conseguirá ver a aurora boreal

Muitas pessoas vão para a Islândia com a intenção de testemunhar as luzes do norte, que são mais visíveis durante os meses de inverno. Mas como as Luzes nem sempre são visíveis –e se resumem a uma variedade de fatores– não é possível vê-las o tempo todo. As condições meteorológicas têm um grande impacto nisso.

Para evitar decepções, lembre-se de que nem sempre você poderá vê-los. Se você não consegue vê-los, é importante não perder o foco com o que está fazendo (digamos, dirigindo), para tentar localizá-los.