Tipos de ração úmida para gatos

Elas são recomendadas para nutrir e ajudar na hidratação dos felinos.

Os gatos tendem a beber menos água em seu dia a dia não porque têm medo, como é comum ver nos desenhos animados, mas por distração. Alguns pets ficam tão entretidos com outras atividades que se esquecem de algo simples, como a hidratação.

Outra questão envolve o desinteresse pelo pote de água. Os felinos podem ser exigentes e optar pelos bebedouros interativos ou beber direto da torneira. Quantos casos de gatos que quase inundaram a casa — ou aumentaram a conta de água de seus donos — você acompanhou por aí?

Tipos de ração úmida para gatos
Tipos de ração úmida para gatos 4

Assim, uma solução, recomendada pelos veterinários, é oferecer a ração úmida. Ela contém os nutrientes e, ao mesmo tempo, contribui para manter seu pet hidratado, mesmo que ele não seja tão fã de beber água. Veja agora quais são os tipos de ração úmida encontradas:

Sachê

Uma das opções mais encontradas nos supermercados tem, em média, 85 g, e costuma conter a porção ideal equivalente a uma refeição. Seus sabores são variados, mas incluem aquilo que agrada ao paladar felino, como frango, salmão, atum e ovelha.

São divididos em filhotes, adultos e, no caso de algumas marcas, trazem a opção para gatos idosos, com mais de sete anos. A diferença está na quantidade de nutrientes, focada em cada fase da vida do animal. Estas são conhecidas como rações úmidas funcionais e incluem versão light, por exemplo.

Também há outras opções específicas, como ajudar a desfazer bolas de pelos, controlar o apetite ou voltada para gatos castrados. O objetivo do sachê é entregar a refeição já pronta e evitar que precise passar muito tempo guardado na geladeira. De qualquer forma, vale consultar qual a quantidade diária recomendada.

100% natural

Uma tendência que conquistou espaço entre os donos de pet, principalmente aqueles que desejam fugir da alimentação industrializada. A ração natural é úmida e feita com alimentos que agradam ao paladar do felino, como frango e cenoura.

Além de ser servida assim para o animal, pode ser misturada com a ração seca, com o intuito de deixá-la mais apetitosa. De qualquer forma, antes de preparar o cardápio, consulte sempre o veterinário de sua confiança, ele sabe exatamente quais nutrientes seu gato precisa.

Dentre as vantagens da ração úmida natural está o fato de ser livre de conservantes, pois leva alimentos do dia a dia, preparados na hora. No entanto, a desvantagem está na duração, menor do que as versões industrializadas.

gato capa

Lata pequena

Parecida com o sachê, a ração em lata tem em média 80 g, encontrada em diferentes marcas e sabores. Frango, atum, salmão, cordeiro, sardinha e opções com misturas com abóbora, romã e coco.

Servem para cumprir uma refeição e, assim como os sachês, também são funcionais. As opções incluem filhotes, gatos adultos e idosos, assim como situações especiais, como controle de peso, gatos castrados e cuidado urinário.

Os preços são bastante variados, normalmente um pouco mais caros em comparação ao sachê e a ração. No caso das latas, lembra um patê. Não é recomendado misturar com a ração seca e deve ser guardada na geladeira após aberta, caso o animal não consuma tudo de uma única vez.

Lata grande

adocao

Opção perfeita para quem tem mais de um gato em casa e quer agradá-los ao servir a ração úmida. A lata grande tem, em média, 290 g, e dura um pouco mais em comparação aos sachês e latas menores.

Também se divide em filhotes, adultos e gatos com mais de sete anos, trabalhando os nutrientes ideais para cada fase da vida felina. Quanto aos sabores, são variados, incluindo frango, vegetais, carne com molho e atum com molho.

A consistência, assim como a lata pequena, é de um patê, e você pode servir aos poucos. O importante é manter o restante do alimento na geladeira e respeitar o tempo máximo de consumo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.